sábado, 7 de julho de 2012

o que dói em mim

mover-me é o que dói em mim, quedar-me é o que dói em mim,
querer é o que dói em mim.

A.C.
(Porque li isso aqui: http://laramaral-teatrodavida.blogspot.com.br/ : "tentando ignorar o gosto amargo de tanta espera.")

Um comentário:

Lara Amaral disse...

Nossa, e seus versos dizem tanto de mim. Existir é o que dói em mim.

Beijo, flor.