sábado, 22 de outubro de 2011

Pobre estátua da praça do coreto escolhia a madrugada pra chorar sem se mover.



AC

4 comentários:

Wilson Torres Nanini disse...

Ana,

de fato há muitos sentimentos estatualizados.

à despeito, a imagem da estátua chorando fora da vista alheia é chave para um mundo que acontece fora de nossa presença.

Abraços!

Fred Caju disse...

És a tristeza de ser eterno.

Thiara Pagani disse...

Dura, de tanto chorar sozinha mudrugada a fora.

Sir.Wine disse...

ana"," sincera em muliplas faces de ver o mundo dentro de sua dureza figurada.

André luís viana