segunda-feira, 8 de novembro de 2010

história da aranha pelas vidas

na primeira vez veio borboleta
com a asa quebrada desde a saída.
na segunda foi formiga
forte, mas neurastênica.
na terceira, um pequeno mosquito, mas nunca
até então nunca tinham-na visto aranha
delicadamente felpuda.




Ana Claudia Abrantes

7 comentários:

Lara Amaral disse...

Ah, muito legal! ;)

Beijinho.

Yan Duffs disse...

Gostei =D
Beijos.

Universo Fesanico disse...

bichos estranhos nos interessam...

Fred Caju disse...

Não consegui entender o jogo com os insetos, mas gostei!

Fernand's disse...

veio chique e produzida!



rsrs

bjs, ana!

Letícia Palmeira disse...

Adorei, Ana. Parece lúdico, mas é irônico. Muito bom mesmo.

Beijo procê.

ju rigoni disse...

Ana,

vim para agradecer sua visita e comentário. Mas digo muito obrigada sobretudo porque me proporcionou a chance de conhecer sua poesia.

Adorei ler os seus poemas!

Um beijo, poeta. E inté!